Guardas ambientais passam por capacitação em São Pedro da Aldeia

Curso de condução de embarcações oficiais formou profissionais do município aldeense, de Iguaba Grande e de Araruama
Com duração de cinco dias, a qualificação teve 100% de aprovação dos profissionais | Foto: Divulgação

A Lagoa de Araruama terá uma fiscalização ainda mais eficaz, qualificada e segura. Os guardas ambientais de São Pedro da Aldeia, Araruama e Iguaba Grande participaram do curso de capacitação para condução de embarcações oficiais realizado no município aldeense. O treinamento foi uma parceria entre a Prefeitura aldeense, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Pesca, e a Delegacia da Capitania dos Portos de Cabo Frio, que ministrou as aulas. Com duração de cinco dias, a qualificação teve 100% de aprovação dos profissionais. 

As aulas foram divididas em oito disciplinas teóricas, tais como legislação, tráfego aquaviário, navegação e meteorologia, ministradas pelos militares da Marinha do Brasil que atuam na Delegacia da Capitania dos Portos. Os alunos receberam apostila para acompanharem o curso e participaram, ainda, de aulas práticas com embarcações para avaliação final. 

O secretário de Meio Ambiente de São Pedro da Aldeia, Mario Flavio Moreira, reforçou a parceria com a Delegacia da Capitania dos Portos e destacou que o curso capacitou os profissionais que atuam na fiscalização da Lagoa de Araruama, não apenas no período de defeso, como também nas inspeções de rotina para ordenamento das praias e de efluentes. “O objetivo foi qualificar os servidores a tripular e conduzir embarcações públicas, além de oferecer noções básicas de navegação, primeiros socorros, operação e manutenção de embarcações. Foi um prazer sediar esse curso que irá enriquecer ainda mais nossas ações fiscalizatórias tanto do dia a dia, quanto nos períodos específicos de maior demanda na lagoa”, afirmou.

O delegado da Capitania dos Portos em Cabo Frio, comandante Geraldo Henrique Nascimento de Melo, destacou a importância da iniciativa tanto para a Marinha quanto para os municípios. “Essa parceria com os municípios é uma grande satisfação para nós, pois somamos esforços na fiscalização da atividade náutica nas cidades sob nossa jurisdição. Com a capacitação, os servidores públicos terão ainda mais conhecimento sobre a legislação e as práticas necessárias para tripular uma embarcação oficial. Toda população sai ganhando”. 

A obtenção da carteira para condução de embarcações e motos aquáticas será um diferencial nas atividades fiscalizatórias na lagoa. É o que aponta o comandante da Guarda Ambiental aldeense, Thaian Carvalho. “Após concluirmos o curso com 100% de aprovação da turma, estamos habilitados a realizar essa fiscalização também na água. Um dos principais benefícios do curso foi a familiarização com lanchas e motos aquáticas, além de conhecimentos básicos de prevenção de acidentes e de noção de navegação. Na lagoa, temos pontos que precisam de mais atenção ao navegar”, explicou.

De acordo com o chefe de setor do Departamento de Pesca, Breno Bento dos Santos, a capacitação integra o plano de intensificação das atividades de fiscalização em conjunto com a Capitania dos Portos, Unidades de Polícia Ambiental (Upam) e municípios ao redor da laguna para o ordenamento, abordagem, entre outros.

Seu cadastro foi realizado

Mais informações serão enviadas para o e-mail que foi cadastrado 

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui