Serviços

Julho Amarelo: mês da luta contra as hepatites virais

Secretaria de Saúde oferece serviços de testagem e acompanhamento

Julho é o mês de prevenção e controle das hepatites virais, por isso a Secretaria de Saúde de São Pedro da Aldeia, por meio da Vigilância em Saúde e o Programa IST/AIDS e Hepatites Virais, realizará uma série de ações, como testagem da população e palestras sobre o tema.

A escolha da cor amarela ocorre por conta dos sintomas característicos da doença, que são a pele e os olhos amarelados. A hepatite é uma inflamação do fígado, causada principalmente por cinco tipos de vírus, que são classificados pelas letras do alfabeto em A, B, C, D (Delta) e E.

Nem sempre a doença apresenta sintomas, mas quando aparecem, estes se manifestam na forma de cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

– Hepatite A: está diretamente relacionada às condições de saneamento básico e de higiene. Apresenta infecção leve e se cura sozinha. Além de existir vacina.

– Hepatite B: sua transmissão é por via sexual e contato sanguíneo. A melhor forma de prevenção para a hepatite B é a vacina, associada ao uso do preservativo.

– Hepatite C: a principal forma de transmissão é o contato com sangue. É considerada a maior epidemia da humanidade hoje, cinco vezes superior à AIDS/HIV. A hepatite C é a principal causa de transplantes de fígado.  A doença pode causar cirrose, câncer de fígado e morte.

– Hepatite D: é causada pelo vírus da hepatite D (VHD), ocorre apenas em pacientes infectados pelo vírus da hepatite B.

– Hepatite E: contaminação via vírus da hepatite E (VHE) e transmitida por via digestiva (transmissão fecal-oral), provocando grandes epidemias em certas regiões. A hepatite E não se torna crônica, porém, mulheres grávidas que forem infectadas podem apresentar formas mais graves da doença.

Nem sempre a doença apresenta sintomas, mas sem o devido tratamento, é grande o risco da infecção evoluir e causar danos ainda mais graves ao fígado, como cirrose e câncer. Saber como se prevenir e identificar sinais da doença são de extrema importância.

O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece tratamento para todos os tipos de hepatite, independentemente do grau de lesão do fígado.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia oferece serviços de testagem e acompanhamento através do Serviço de Atenção Especializada (SAE), anexo à Secretaria de Saúde, na Rua Antônio Benedito Siqueira, n° 387, Centro, que funciona de segunda à sexta-feira, de 7h às 16h.

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui