Melhor em Casa de São Pedro da Aldeia celebra 5 anos de implantação

Nesse período, o programa se consolidou como referência nacional

O programa faz parte da atenção domiciliar, serviço de saúde oferecido na moradia do paciente e é caracterizado por um conjunto de ações de promoção ao bem-estar das pessoas. Nesses 5 anos, foram oferecidos serviços de prevenção e tratamento de doenças, além da reabilitação, com garantia da continuidade dos cuidados, de acordo com a necessidade do paciente, a partir do atendimento de diferentes equipes.

Nesse período foram realizadas 7 mil visitas e mais de 20 mil procedimentos. Além de vários cursos de atualização para os profissionais e capacitações a familiares e cuidadores, o que possibilitou a consolidação da equipe municipal como referência nacional em qualidade dos indicadores. São Pedro da Aldeia hoje é exemplo para os outros 732 municípios brasileiros habilitados com o Programa do Ministério da Saúde.

O Diretor da Atenção Domiciliar, Junior Curcino, falou da satisfação em gerir a equipe em todo seu tempo de existência: “Eu me lembro de quando cheguei no município com a ideia de trazer o Melhor em Casa e logo consegui falar com a Dra. Mariana, que acreditou na ideia e no dia 17 de novembro de 2016 habilitamos o Programa. Pessoas memoráveis fizeram parte da equipe e estão no nosso coração, outras estão desde o início e novas chegaram, mas o importante é que o Melhor em Casa de São Pedro da Aldeia avançou com muito esforço, com muita luta. É um desafio saber que o presente pode ser muito difícil, mas sonhar que no amanhã vai ser muito melhor e seguir com a ideia de que fizemos o melhor que podemos, não tem preço. Que cada um da equipe sinta-se abraçado! É com muita alegria que os tenho dentro da equipe, dentro do Melhor em Casa”.

A Dra. Mariana Borges, Diretora Geral e Referência Técnica da Atenção Domiciliar e Hospitalar do Ministério da Saúde parabenizou os profissionais da equipe: “O SAD São Pedro é um grande orgulho entre os 732 municípios brasileiros. É visível o crescimento, o amadurecimento, o engajamento e a propriedade com que essa equipe faz a atenção domiciliar. Que vocês possam usufruir aquilo de melhor que a atenção domiciliar traz na vida da gente, o poder transformador, nos deixando seres humanos melhores”.

Atualmente a equipe é constituída pelos médicos Rafael Ker e Constante Ramos Garcia, pelos fisioterapeutas Tassiane da Silva Costa e Miguel Soares Gonçalves, pela nutricionista Ingrid Beranger da Costa Pereira, a assistente social Sandra Campos, a psicóloga Fátima da Luz Pereira, o enfermeiro Edinei de Souza Junior e os técnicos de enfermagem Gisele Carvalho dos Santos Muniz, Vander Alexandre Paula e Thiago de Souza Brasil, além de contar com os serviços administrativos de Cátia Pereira Trindade Faria.

O Melhor em Casa e seus benefícios

•             Humanizar os atendimentos e aumentar a assistência do SUS a pacientes que possam receber atendimento perto da família;

•             Estudos mostram que a proximidade e os cuidados dos familiares ajudam nos índices de recuperação dos acamados;

•             Redução de possibilidades de se contrair infecções hospitalares, principalmente após cirurgias;

•             Desocupação dos leitos hospitalares, colaborando para oferta de e regulação dos serviços de urgência das unidade de atendimento à saúde;

•             Possibilidade dos pacientes serem acompanhados por equipe multiprofissional, que lhe proporcionem cobertura ampliada de suas necessidades.

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui