Serviços

Prefeitura de São Pedro da Aldeia realiza ações de prevenção ao trabalho infantil

Alvo da COMPETI nesse mês foi o comércio da cidade

A Comissão Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (COMPETI) realizou diversas ações nos estabelecimentos comerciais da cidade com o intuito de divulgar o trabalho da comissão. Técnicas das secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos e de Educação percorreram as ruas da cidade distribuindo material informativo que trata da prevenção ao trabalho infantil.  

Participaram da ação representantes da Comissão de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, do CREAS e da Coordenadoria da Educação Preventiva. Atualmente compõem a COMPETI as técnicas: Luciana de Oliveira, Wania Costa, Maria Regina, Kelly Miranda, Jaqueline Fernandes e Sandra Lopes.

A técnica de referência do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Luciana de Oliveira, ressaltou que a pandemia agravou ainda mais a situação das famílias que se encontravam em situação de vulnerabilidade. “As crianças acabaram indo para as ruas vender balas ou outras coisas, na justificativa de ajudar nas despesas de casa. Mas isso acaba colocando ainda mais em risco os menores, que ficam expostos a todo tipo de perigo”, afirmou Luciana. 

Historicamente o Brasil é um país que tolera o trabalho infantil, desde a colonização. Esta é uma situação que começou a mudar com a promulgação da Constituição federal de 1988 e, em 1990, ganhou um capítulo especial, com a criação do Estatuto da Criança e do Adolescente, o  ECA. Mas, infelizmente, ainda vemos crianças sendo exploradas em muitos lugares. Por isso, é importante falar do assunto e dar ferramentas para que a população denuncie. Em São Pedro da Aldeia as denúncias podem ser feitas pelos telefones do Conselho Tutelar (22) 99733 – 8909 ou (22) 2627- 6570, e ainda pelo Disque 100. 

Canais de denúncia:

DISQUE 100

Conselho Tutelar: (22) 99733- 8909/ (22) 2627- 6570

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui