São Pedro da Aldeia realiza primeiro LIRAa de 2023

Secretaria de Saúde solicita a colaboração dos moradores no combate ao aedes aegypti

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia está realizando um mutirão para o primeiro Levantamento de Índice Rápido ao Aedes Aegypti (LIRAa) do ano de 2023. A ação é uma medida da Vigilância em Saúde, por meio da Vigilância Ambiental. O objetivo é identificar as áreas da cidade com maior proporção ou ocorrência de focos do mosquito e criadouros, para que as ações nos locais com maior presença de focos sejam intensificadas.

A Secretaria Municipal de Saúde é a responsável por realizar as atividades previstas no Programa Nacional de Controle da Dengue, como visitas aos imóveis, contudo, também é possível alcançar sucesso no combate ao mosquito com a colaboração de toda a população. É importante salientar que as principais medidas de combate às arboviroses é a eliminação dos criadouros dentro das residências. Durante o verão, com o período de chuvas e o calor, as medidas devem ser reforçadas.

O UBV Leve, o antigo fumacê, é mais um meio de combate ao Aedes Aegypti. A medida, no entanto, só pode ser utilizada em locais estratégicos, onde há casos notificados, evitando danos ao ecossistema.

O aedes aegypti é o mosquito transmissor de doenças como dengue e chikungunya, que apresentam sintomas e sinais parecidos. Enquanto a Dengue se destaca pelas dores nos corpo, a Chikungunya causa dores e inchaço nas articulações. Já a zika se destaca por uma febre mais baixa, ou ausência dela, manchas na pele e coceira no corpo.

Os moradores de São Pedro da Aldeia que apresentarem sintomas devem procurar as unidades de saúde do município, para que os casos confirmados sejam notificados.

Como a população pode colaborar?

Mantendo tampadas as caixas e barris de água;
Deixando as lixeiras bem fechadas e realizando o descarte o lixo em sacos plásticos;
Não jogando lixo em terrenos baldios;
Colocando garrafas de vidro ou plástico com a boca pra baixo, se precisar guardá-las;
Não deixando a água da chuva acumular sobre a laje;
Preenchendo os pratinhos ou vasos de planta com areia;
Retirando toda a água de pneus velhos, que devem ficar em locais cobertos e protegidos da chuva;
Fazendo a manutenção das calhas com frequência;
Lavando com frequência os recipientes usados para guardar água;
Os recipientes de plantas aquáticas também devem ser lavados com água e sabão, semanalmente.

Seu cadastro foi realizado

Mais informações serão enviadas para o e-mail que foi cadastrado 

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui