Saúde discute Práticas Integrativas e Complementares

Objetivo é dar execução à Lei nº 3.022, de 17 de maio de 2022

Membros da alta e média complexidade e da Atenção primária da Secretaria de Saúde de São Pedro da Aldeia se reuniram nesta quinta-feira (7), na sede da pasta para discutir os parâmetros para implantação das práticas integrativas e complementares em saúde. A reunião foi realizada atendendo à Lei nº 3.022, de 17 de maio de 2022, da vereadora Mislene Conceição dos Santos e promulgada pelo Prefeito Fábio do Pastel.

O texto prevê a implantação de políticas e diretrizes para as áreas de homeopatia, medicina tradicional chinesa/acupuntura, plantas medicinais e fitoterapia, arteterapia, ayurveda, biodança, dança circular, meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, quiropraxia, reflexoterapia, reiki, shantala, terapia comunitária integrativa, yoga, aromaterapia, apiterapia, bioenergética, constelação familiar, cromoterapia, geoterapia, hipnoterapia, imposição de mãos, antroposofia aplicada à saúde, ozonioterapia, terapia de florais e termalismo social/crenoterapia que fazem parte integrante desta Lei, incluindo as práticas que possam vir a ser incorporadas pela Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do Ministério da Saúde ou pelo Município.

Durante o encontro os profissionais puderam discutir sobre os próximos passos, incluindo mapeamento e identificação dos profissionais que já atuam com tais práticas, para que os agentes de saúde trabalhem de forma assertiva e integrativa e possam integrar o Núcleo de Apoio em Práticas Integrativas (NAPI) do município. Também puderam discutir sobre capacitação de pessoal, troca de experiências, reuniões de acerto de fluxo e definições das diretrizes, para que futuramente os cidadãos possam receber os benefícios da lei.

Seu cadastro foi realizado

Mais informações serão enviadas para o e-mail que foi cadastrado 

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui