Medidas preventivas de São Pedro da Aldeia seguem determinação do Ministério Público

Categorias

Medidas preventivas de São Pedro da Aldeia seguem determinação do Ministério Público

Os decretos municipais que discorrem sobre as medidas preventivas à propagação do coronavírus no município aldeense, restringindo a circulação de pessoas e determinando o fechamento de comércio não essencial, estão em conformidade com nota pública divulgada e assinada conjuntamente com diversos órgãos como Ministério Público e Procuradorias.

O documento, expedido no último dia 28 (confira a nota no link http://www.mpf.mp.br/rj/sala-de-imprensa/docs/pr-rj/nota-conjunta-restricao-circulacao ), enfatiza a importância de se estabelecer e seguir medidas restritivas severas a fim de conter o avanço da rápida transmissão do vírus, que foi declarado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como pandemia global.

Em nota pública, o Ministério Público do Rio de Janeiro; Defensoria Público do Rio de Janeiro, Defensoria Pública da União e Ministério Público Federal apoiam o isolamento horizontal, como feito em São Pedro da Aldeia, por  ser medida de proteção à vida, que é o principal direito fundamental garantido na Constituição da República.

Na última semana, além do endosso desses órgãos, a manutenção do decreto nº 026, que determina o fechamento do comércio não essencial até o dia 05/04, teve a anuência de classes empresariais da cidade, como a Aciaspa e o CDL.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia reitera o pedido para que a população fique em casa e só saia em caso de extrema necessidade.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Fechar Acessibilidade