Nutricionistas da Educação apresentam projeto de rotulagem de alimentos nas escolas

Nutricionistas da Educação apresentam projeto de rotulagem de alimentos nas escolas

As nutricionistas da Rede Municipal de Ensino de São Pedro da Aldeia apresentaram o projeto de rotulagem de alimentos em unidades escolares de atuação. A ação teve início na terça-feira (29) e terminou nesta sexta-feira (01). A iniciativa teve como objetivo informar os alunos sobre a importância da leitura do rótulos dos produtos alimentícios, além de promover a conscientização sobre o teor de gorduras, sódio e açúcar em determinados alimentos, visando a prevenção da obesidade crônica.

Foto: Divulgação | SEMED

Segundo a nutricionista responsável pelo setor, Lívia Carvalho, o projeto da rotulagem de alimentos está sendo implantado nas escolas municipais com a proposta de alertar os alunos sobre o que estão consumindo. “As crianças costumam comer com frequência itens como salgadinho, refrigerante, balas, entre outros, mas com essa ação, temos a intenção de alertá-los da grande quantidade de sódio, açúcar e gordura presentes nesses produtos e os riscos que podem causar a saúde se forem ingeridos em excesso”, explicou.

Foto: Divulgação | SEMED

Para a realização das atividades, as nutricionistas montaram uma mesa expositora nos refeitórios das unidades com diversos produtos, como refrigerante em lata tipo cola, achocolatado em caixinha, suco industrializado em lata sabor uva, bebida à base de xarope de guaraná, biscoito recheado, batata tipo chips industrializada, macarrão instantâneo e bolinho recheado industrializado. Na ocasião, foram promovidas dinâmicas e abordagens diferenciadas de acordo com a modalidade de ensino.

Foto: Divulgação | SEMED

“As nutricionistas aproveitaram para incentivar a alimentação saudável por meio do aumento do consumo dos alimentos não industrializados, o que costumamos chamar de ‘comida de verdade’, o arroz, o feijão, as frutas e os legumes, e tem sido um sucesso. Os nossos alunos têm mostrado interesse em participar das ações nas escolas e aprender mais sobre o assunto. Por isso, estamos planejando outras atividades como essa, para que a educação nutricional esteja sempre presente nas unidades escolares, pois é de grande importância que as crianças tenham acesso a esse tipo de informação”, completou Lívia Carvalho.

Foto: Divulgação | SEMED

De forma didática, as profissionais demonstraram visualmente a quantidade de sódio, açúcares e gorduras presente nos alimentos expostos. Para as demonstrações, foram utilizados sal refinado, açúcar refinado e óleo vegetal.

Foto: Divulgação | SEMED

A nutricionista de campo, Giovana de Azevedo, falou sobre a ação. “Foi realizada uma atividade de educação alimentar e nutricional, com foco em rotulagem nutricional. Um dos principais objetivos desse projeto é conscientizar sobre a importância de uma alimentação saudável e de um bom rendimento escolar. As nutricionistas selecionaram determinados produtos industrializados que costumam fazer parte do consumo e da preferência das crianças e adolescentes e puderam mostrar que a maioria deles é rica em sódio, gordura, açúcar e conservantes”, explicou.

Foto: Divulgação | SEMED

A ação já aconteceu na E. Mz Pequiá, na Rua do Fogo; E. Mz. José Guimarães, no Porto da Aldeia; E. M. Profª Mirian Alves de Macedo Guimarães, no bairro Fluminense; E. M. Profª Maria da Glória Santos Motta, em Praia Linda; E. M. Profª Maria Celeste de Campos, no Baixo Grande; E. Mz. Paulo Roberto Marinho, em São Matheus; E. Mz. Retiro, no bairro de mesmo nome; e E. M. Barnabé Mariano de Souza, na Cruz. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Categorias
Fechar Acessibilidade