Artistas de São Pedro da Aldeia devem se cadastrar em programa da UERJ para mapeamento

Ação faz parte do Programa de Fortalecimento do Artesanato Fluminense; cadastro ficará aberto até o dia 11 de novembro

Os artistas residentes em São Pedro da Aldeia estão convocados a preencher o cadastro on-line do Programa de Fortalecimento do Artesanato Fluminense (PFAF). O mapeamento artístico é mais uma ação do projeto, promovido pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro em parceria com o Governo do Estado e a Secretaria Municipal de Cultura. Para preencher o cadastro, basta acessar o formulário eletrônico disponível no site da prefeitura (clique AQUI para acessar). Podem se cadastrar, gratuitamente, grupos e artistas de qualquer segmento cultural, como dança, música, artes cênicas e literatura, dentre outros. O formulário de cadastro ficará aberto até o dia 11 de novembro.

Segundo o supervisor do programa, Guilherme Nanni, o objetivo do levantamento é obter informações detalhadas sobre os artistas e/ou grupos artísticos aldeenses, visando estudos futuros e o fomento de novas políticas públicas culturais. “O programa tem dois pilares, a capacitação dos artesãos, que está na etapa final em São Pedro da Aldeia, e a realização de uma feira inédita de economia criativa. A compilação dessas informações é de suma importância para o legado que este programa almeja deixar. A partir desse mapeamento será gerado um catálogo a ser futuramente compartilhado com o município”, explicou.

Para auxiliar os artistas no preenchimento dos campos do formulário, a equipe do PFAF preparou uma cartilha informativa contendo um passo a passo. Para solicitar o material ou sanar dúvidas, os artistas devem enviar um e-mail para a equipe do programa no endereço eletrônico ppgd.projetos@gmail.com ou enviar uma mensagem, via Instagram ou Facebook, nos canais oficiais do PFAF (https://www.instagram.com/pfaf_uerj e https://www.facebook.com/pfafuerj).

Formulário de cadastro do programa pode ser preenchido acessando a Internet pelo computador ou pelo smartphone
Foto:
Ilustrativa/Divulgação

O secretário municipal de Cultura, Thiago Marques, enalteceu a iniciativa. “Ficamos muito felizes em ver o avanço desse programa no município. São Pedro da Aldeia foi uma das 46 cidades do Estado do Rio contempladas pelo projeto e temos tido um retorno muito positivo. A chegada do curso de capacitação para os nossos artesãos, em especial, tem sido um divisor de águas na profissionalização do artesanato local”, destacou.

Seu cadastro foi realizado

Mais informações serão enviadas para o e-mail que foi cadastrado 

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui