Dia da Performance premia alunos da Escola de Artes de São Pedro da Aldeia

Os talentos da Escola de Artes da Secretaria de Cultura de São Pedro da Aldeia foram os destaques do Dia da Performance. O evento cultural foi realizado na sede recreativa do São Pedro Esporte Clube (SPEC) na sexta-feira (11/11). Cada categoria artística premiou os primeiros colocados e os destaques. Todos os participantes receberam medalhas de participação. 

O troféu de primeiro lugar em dança infantil ficou com Maria Valentina R. M. Mariz; e em dança juvenil com Yzadora de Souza e Miguel Albuquerque. Já no teatro infanto, os primeiros colocados foram Davi Lisboa e Beatriz Shlussel, enquanto no teatro adulto foram  Adriana Amarante e Michael Garcia. Sullivan Braga foi o premiado da categoria de música adulto com apresentação de violão, já Davi Santos Cardoso foi o primeiro colocado na categoria desenho infantil, e Ingrid da Silva Pimentel, no desenho adulto.

Além dos primeiros colocados, as categorias premiaram os destaques. No teatro, foi a vez de Pâmela de Souza; na música, Maria Luzia de Sant’ana; no desenho, Lisbete dos Santos.

O secretário de Cultura, Thiago Marques, acompanhou o evento e destacou a importância de eventos que fomentem o desenvolvimento dos talentos locais. “A Escola de Artes é um tesouro do nosso município e esse Dia da Performance é importante demais para seguirmos fomentando a cultura e incentivando nossos jovens e crianças. Neste ano, são quase 700 alunos matriculados em várias modalidades na escola. São cursos gratuitos oferecidos à população com qualidade de ensino em um espaço pensado para desenvolver os talentos da nossa cidade. Quero agradecer a todos os profissionais envolvidos, aos alunos e ao prefeito Fábio do Pastel, que tem dado muito apoio à Secretaria de Cultura em diversos dos nossos projetos”, parabenizou Thiago.

Aluna desde a inauguração da Escola de Artes, a vencedora da categoria dança juvenil, Yzadora de Souza se apresentou com estilo livre de danças urbanas, jazz e valsa. Ela conta como é gratificante levar o que aprendeu para diferentes cidades em competições. “A sensação de ir para outros lugares, se apresentar e mostrar o que você sabe é incrível demais. Gosto muito das aulas e já participei de várias competições por meio da Escola de Artes. Nosso grupo já foi para Petrópolis pela Master Dance, além do Rio de Janeiro, Cabo Frio, e várias outras. Conquistamos vários troféus e medalhas”, contou.

Adriana Amarantes, mãe da Yzadora, é profissional do teatro e também venceu em sua categoria. Ela falou sobre a importância de incentivar o talento da filha. “Para mim, é uma satisfação enorme porque eu sei que ela tem esse dom, é algo que ela gosta muito. Também sou artista, então, como mãe, o meu papel é incentivar e voar junto com ela. Tudo o que se propõe, ela faz muito bem feito, além de desempenhar todos os estilos de dança, ela canta muito bem e começou no teatro também. Acho a iniciativa da Escola de Artes muito importante para incentivar a cultura e poder oferecer novas oportunidades aos nossos jovens”.

A diretora da Escola de Artes Municipal, Luiza Mendes, reforçou os desafios enfrentados neste ano de retomada das aulas e dos eventos presenciais. Luiza trabalhou no bairro Cruz e relembrou, também, seu empenho em levar os alunos do bairro para o centro da cidade para falarem e fazerem cultura. “Sabemos que este ano foi atípico com muitas perdas e obstáculos a serem transpostos, porém encontramos muitas alegrias ao conseguirmos vencer desafios. É uma honra estar aqui representando as oficinas, que neste mês, colocam em evidência suas turmas com total criatividade pois as atividades foram autorais.. Vale ressaltar que todo esse trabalho é realizado com a Secretaria de Cultura. Trabalhar junto com Thiago Marques é maravilhoso porque temos um secretário que vive sua pasta, tudo o que ele faz é pensando na cultura de São Pedro da Aldeia. Querendo sempre valorizar os artistas da nossa cidade. Não podemos jamais esquecer dos responsáveis que incentivam nossos jovens talentos trazendo-os para as oficinas”.

Os alunos das categorias Infantil, Juvenil e Adulto, nas modalidades Solo e Duo, das oficinas de Dança, Música, Teatro e Desenho mostraram todo seu talento em espetáculos com apoio dos professores, mas criação de conteúdo vinda da iniciativa de cada um. As apresentações foram avaliadas por um júri técnico composto pela bailarina, atriz e produtora cultural, Renata Brito; o músico e produtor cultural, Thiago Ruivaco; e o desenhista e artista plástico, Márcio Alexandre, mais conhecido como Lobinho. Os alunos de teclado também fizeram uma participação especial no evento.

A jurada Renata Brito comentou sobre a participação no evento. “É sempre uma honra participar desses movimentos culturais. Hoje temos uma iniciativa dos jovens de desenvolverem suas artes com suas próprias aspirações, e poder avaliar as apresentações como jurada é uma honra. O intuito do festival é que as criações sejam dos alunos, então é um trabalho muito rico”.

Dentre os profissionais que integram a Escola de Artes estão o coordenador artístico e diretor geral do Balé Municipal de São Pedro da Aldeia, Ramirez Menezes; e a instrutora de teatro e diretora geral da Companhia Municipal de Teatro, Anna Fernanda. Também fazem parte da escola o professor de teatro e balé, Diego Vivas; o professor de danças urbanas, Caio Nicolls; a professora de baby class e balé infantil, Luciana Magalhães; os instrutores de música, Marcos Costa e Leonardo Camacho; além da instrutora de teatro, Nayara Gomes.

Seu cadastro foi realizado

Mais informações serão enviadas para o e-mail que foi cadastrado 

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui