Comissão Intersetorial sobre Prevenção à Automutilação e ao Suicídio leva palestra para mais uma escola municipal

A Comissão Intersetorial sobre Prevenção a Automutilação e ao Suicídio realizou, nesta segunda-feira (25), mais uma palestra com o tema “A Valorização da Vida”. Dessa vez, o encontro aconteceu na Escola Municipal Francisco Paes. Cerca de 60 alunos do 8º e 9º ano, com idades entre 14 e 17 anos, participaram da ativiade. A psicóloga Sandra Lopes foi quem direcionou o encontro, que contou com a participação da Escola de Artes com uma apresentação teatral de um monólogo de Adriana Amarantes. A Comissão Intersetorial é formada pelas secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos; Saúde e Educação. A coordenadora de Políticas Públicas para Crianças e Adolescentes da SASDH, Luciana de Oliveira, a orientadora Escolar, Cláudia Guimarães, e a técnica de enfermagem, Elisangela dos Santos Silva, representaram as secretarias envolvidas.

“O nosso objetivo foi alcançado, conseguimos abordar a valorização da vida por meio de sonhos, planos, projetos e estratégias. Os dados atuais apontam que a falta de perspectiva dos nossos jovens hoje no mundo é um dos motivos que os levam a automutilarem e a cometerem suicídio. Por meio de uma linguagem clara, conseguimos mostrar um outro lado da vida, o lado bom e o porquê deve ser valorizada”, falou a coordenadora de Políticas Públicas para Crianças e Adolescentes da SASDH, Luciana de Oliveira.

É valido lembrar que a Comissão foi criada durante o 1º Fórum Intersetorial sobre Prevenção à Automutilação e ao Suicídio, com o objetivo de continuar o trabalho junto a rede. O Fórum foi realizado no mês de outubro, em uma ação conjunta entre a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos e as secretarias de Educação e de Saúde e foi direcionado as equipes técnicas das secretarias envolvidas.

Fechar Acessibilidade