100 DIAS | Projetos, aprimoramento e aproximação com as classes garantem bem-estar à população

Potencial do município, aliado à boa gestão governamental, proporciona maior qualidade de vida aos aldeenses

O conceito de bem-estar é definido pela satisfação adquirida com as boas práticas interpessoais, sociais e econômicas. O município de São Pedro da Aldeia é marcado pelo aconchego das águas calmas da Lagoa de Araruama, pela sua fauna e flora características, além das peculiaridades culturais e populares. Esse cenário proporciona, naturalmente, disposição para uma vida saudável. E esse potencial, aliado a uma gestão governamental eficaz, traduz o principal objetivo da atual administração municipal: qualidade de vida para todos.   

Os 100 primeiros dias de governo foram marcados por estratégias e ações que garantiram o bem-estar social aos aldeenses, dando aos munícipes o acesso aos bens e serviços necessários ao bom andamento da cidade. Os projetos das secretarias de Esporte, Cultura, Turismo, Meio Ambiente e Agricultura tiveram como foco o aprimoramento técnico das equipes e aproximação das classes para o desenvolvimento de propostas e projetos com a participação de quem é prioridade: a população. A mudança começou.  

Esporte

O esporte é um dos pilares fundamentais no desenvolvimento do bem-estar, socialização e promoção da saúde entre os cidadãos. A atual gestão preza pela qualidade de vida em São Pedro da Aldeia através da atividade física. A Secretaria Adjunta de Esportes e Lazer apostou, nesse período inicial, no aprimoramento técnico da equipe, parcerias e desenvolvimentos de projetos. 

O principal canal de oferecimento de prática esportiva à população é o projeto Aldeia em Movimento, que oferece aulas gratuitas nas academias populares e treinamentos funcionais para cerca de 550 munícipes com profissionais qualificados. Recentemente, a pasta implementou as atividades em formato on-line enquanto a prática presencial está suspensa devido à pandemia. O material terá publicações periódicas no Facebook, Instagram e Youtube da prefeitura. Com o objetivo de ampliar os atendimentos e promover maior número de opções de atividades, a secretaria dá andamento a ampliação das modalidades oferecidas pelo projeto. A previsão inicial é que sejam inseridos os segmentos de natação em águas abertas, esportes a vela, canoa havaiana, triathlon, entre outros.

O projeto abriu, ainda, atendimentos especiais aos pacientes que tiveram o tratamento concluído no Centro de Reabilitação Fisioterápico Municipal e a mulheres em processo de reabilitação do tratamento de câncer de mama nas Academias Populares. O atendimento é feito de forma individualizada, respeitando as necessidades e as restrições físicas de cada aluno. 

Outra medida efetuada pela pasta foi o mapeamento de todos os dispositivos esportivos da cidade, como quadras, campos e áreas de lazer públicos, a fim de pontuar as melhorias necessárias de infraestrutura para criação e desenvolvimento de novos projetos nos espaços. Possíveis trajetos de trilhas ecológicas também foram inspecionados para o incentivo à prática esportiva ao ar livre, aliada às belezas naturais de São Pedro da Aldeia, em pequenas distância. 

Turismo

Um dos principais desafios da atual gestão é a recuperação do turismo no município e desenvolvimento do setor de uma forma organizada e profissional, ampliando mais uma possibilidade de crescimento econômico. A Secretaria Adjunta de Turismo iniciou os planejamentos para o fomento da área após o período de pandemia do coronavírus.

A primeira aposta da pasta foi o trabalho de unificação do trade para colaboração conjunta de soluções e ideias do setor, bem como a movimentação do conselho municipal com realização de reuniões regulares. 

A Secretaria disponibilizou atendimento técnico aos agentes turísticos da cidade, além de auxiliar na inserção e atualização do Cadastur, o sistema nacional para Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos. O Centro de Informações Turísticas da cidade teve atendimento estendido aos sábados, além da disponibilização de e-mail para esclarecimento de dúvidas. A pasta também regulamentou a circulação de ônibus de turismo e de fretamento com emissão da Autorização para a Permanência do Veículo. 

A gestão empenha os esforços para a criação de novos produtos turísticos com os potenciais segmentos da cidade, como atrativos esportivos, aproveitando a vocação da Lagoa de Araruama para execução de modalidades náuticas. O fomento do turismo de negócios também é pautado, levando em consideração a concentração de empresas na cidade e seus públicos. O setor gastronômico é outra vertente estrategicamente pensada pela diversidade de estabelecimentos alimentícios e pela culinária praieira, também advinda da pesca e do ambiente lagunar. O turismo cívico, histórico, rural, ecológico também estão em destaque.

Cultura

A cultura é o principal elo de pertencimento entre a população e o seu território. Conhecer de perto as demandas, as necessidades e os potenciais artísticos do município foi o primeiro passo da atual gestão para os futuros planos de ação. Ao todo, a Secretaria Adjunta de Cultura realizou 12 reuniões em formato on-line. Foram atendidos os segmetos da dança, teatro, música, matrizes africanas, artes audiovisuais, artesanato, artes plásticas, produção cultural, patrimônio, movimentos sociais e coletivos, literatura, leitura, livro e biblioteca e cultura popular.   

A secretaria implementou cadastramento on-line dos agentes e espaços culturais, além do que já era realizado presencialmente na Casa de Cultura. O mapeamento também foi aberto em locais mais distantes em parceria com os Cras e com o Quilombo da Caveira, no bairro Botafogo. Há cerca 350 cadastros registrados, que serão usados para criação de um mapa cultural interativo. 

A pasta deu início aos preparativos para as aulas da Escola de Artes de 2021 em formato on-line devido às restrições impostas pela Covid-19. Também foi iniciada a reestruturação do Conselho Municipal de Política Cultural com envio da modificação da Lei do Sistema Municipal de Cultura à Câmara Municipal. 

Outra grande iniciativa é a tramitação do processo de restauração da Casa da Flor, já em fase final de assinatura de contrato. A restauração será realizada por uma empresa especializada. Servidores da Secretaria de Cultura irão acompanhar o trabalho, com o intuito de manter a conservação do Patrimônio Histórico.

Meio Ambiente 

As belezas naturais de São Pedro da Aldeia, bem como sua identidade, perpassa pelo meio ambiente e os cuidados necessários com seu habitat natural. No início da atual gestão, a Secretaria de Meio Ambiente priorizou a transparência e a reorganização das estruturas para adequação do município no segmento. 

Com a finalidade de dar ainda mais transparência às ações da secretaria, os pedidos de licenciamento ambiental passaram a ser publicados no boletim informativo do município. 

Novos membros e a direção do Conselho Municipal de Meio Ambiente e Saneamento de São Pedro da Aldeia (COMASSPA) foram empossados. Manter o funcionamento regular do órgão é um dos critérios para que a cidade receba recursos do ICMS verde, mecanismo tributário que possibilita  acesso a parcelas maiores dos recursos financeiros arrecadados pelos Estados por meio do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. 

Ainda visando o recebimento da verba referente ao ICMS Verde, a secretaria realizou um levantamento da atual situação do município e está desenvolvendo novas ações que possam potencializar a arrecadação, com a adequação aos pré-requisitos exigidos pelo programa. 

Ao longo dos 100 dias, animais silvestres foram resgatados e devolvidos a seus habitats naturais. Alguns deles precisaram ser encaminhados às instituições autorizadas para que recebessem atendimento especializado e se recuperassem. Os resgates são feitos por meio dos agentes da Guarda Ambiental. 

É também por meio da Guarda Ambiental que as áreas de Proteção Ambiental, como as praias do município, são monitoradas. O objetivo das equipes é impedir o trânsito de veículos, estacionamento irregular e uso inadequado das Áreas de Preservação Permanente (APP). 

Agricultura

São Pedro da Aldeia possui uma área rural expressiva, sendo um pilar forte no desenvolvimento econômico e parte da cultura popular. Os 100 primeiros dias da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Renda foi marcado pela busca de parceria e recursos para desenvolvimento de projetos, além dos auxílios prestados aos pequenos produtores. 

Desde o início da gestão, já foram tratados cerca 68 hectares de terra, pertencentes a 40 produtores e assentados aldeenses, com aração e nivelamento por meio de equipamentos como trator e retroescavadeira. Os munícipes atendidos cultivam aipim, quiabo, milho, abóbora, feijão, batata doce, dentre outras culturas.

Cerca de três mil mudas de árvores nativas e frutíferas já foram produzidas no Horto Municipal durante o período. Deste total, 900 foram distribuídas à população na sede do espaço e durante ações desenvolvidas em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente. A previsão é que 10 mil mudas sejam criadas em um período de seis meses. 

A secretaria promoveu três cursos rápidos gratuitos em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Foram oferecidas formações de beneficiamento, conservação e transformação de pescados, artesanato para a produção de enfeites de páscoa e administração de empresa rural. 

Uma demanda antiga da população aldeense foi ouvida. Foi criada a Coordenadoria de Bem-estar animais que, apesar de estar em processo de estruturação, vem desenvolvendo ações pontuais de auxílio a animais em situação de extrema necessidade. 

Agradecemos por participar do Censo LGBTQIA+

As informações coletadas serão importantes para quantificar a demanda de atendimento por parte da Secretaria de Assistência Social para a população LGBTQIA+

Se você deseja fazer um agendamento para atendimento com a nossa coordenadoria LGBTQIA+ Clique Aqui